31/12/2006

Varzim em discussão - Debate muito quente





O debate promovido pela Rádio Onda Viva sobre o recente momento em que o nosso Varzim está envolvido, levou aos microfones desta rádio Poveira, João Mariz, associado, José Reina, presidente da mesa da Assembleia Geral, João Viana, responsável pelo departamento jurídico do clube, e Vasco Graça Oliveira também associado. Este último abriu as hostilidades ao acusar o actual executivo de estar a cometer uma fraude ao enganar os sócios, na questão do Novo estádio e também pelo facto da actual direcção não explicar aos associados o que pretende fazer para estancar o buraco financeiro em que o clube está envolvido. “ Esta direcção resolveu simular um concurso para compra dos terrenos do estádio, já que não houve concurso nenhum, depois simulou um parecer de uma tal empresa “Projecta e Aplica” com cinco mil euros de capital e um empregado, para fazer um parecer sobre esse pseudo concurso e com base nesse parecer, enganaram a massa associativa, a estratégia do actual presidente da Direcção é uma Fraude, ajudados por jornalistas que não transmitem o que se passa nas Assembleias, já que os jornais da Póvoa, com excepção da Voz da Póvoa tem estado sempre ao serviço de Lopes de Castro, mas os jornalistas lá saberão porquê” “Consequências deste contrato o Varzim neste momento não só não pagou os impostos, como utilizaram o dinheiro de forma diferente e nós agora temos a penhora do estádio pelo valor dos impostos um milhão trezentos e vinte e dois mil euros, e uma hipoteca sobre o estádio de nove milhões e setecentos mil euros”O Contrato é uma salsada do ponto de vista jurídico e foi feito por um grande vigarista." Esta última acusação aqueceu os ânimos já que quem fez o contrato foi João Viana, responsável pelo departamento jurídico do clube, que começou por tentar desmontar as declarações de Vasco Graça Oliveira dizendo mesmo que as suas acusações não tinham suporte e “ lamentou de nove meses depois do contrato ter sido assinado e só agora depois de duas Assembleias Gerais e ninguém ter colocado a questão e não deixou de realçar o facto de só agora este assunto ter vindo para a ribalta já que se estava em tempo de eleições; O importante era debater com seriedade e solidez jurídica para interpretar o contrato." João Viana não conseguiu convencer com os seus argumentos os seus opositores com excepção de José Reina e "garantiu que se até 24 de Março de 2007 o Varzim não disponibilizar os terrenos para a construção do Estádio terá de devolver o dinheiro com os juros de 4% e mais as despesas inerentes resultantes de gastos com projectos ou outros;" mas o que João Viana não disse foi como é que o Varzim iria arranjar esse dinheiro no caso de não cumprir o contrato; João Mariz "acusou a actual direcção de sonegar informação já que segundo o causículo “ Trocado da Costa em resposta a um seu pedido tinha dito que o Varzim só divulga o que entender e quando entender, acusando também o elenco directivo Varzinista de não cumprir três deliberações da Assembleia de 8 de Janeiro de 2006 e de 15 de Janeiro, a direcção não quer informar os sócios e prepara-se para se ir embora sem dizer aos sócios em que pé estão as coisas; a Direcção sabe que tem até 31 de Dezembro para convocar uma assembleia geral para informar os associados se os terrenos do campo de treinos eram ou não entregues á DicoDulimar; ora é claro que os sócios esperavam que o senhor presidente da Assembleia convocasse a referida reunião mas parece que não é importante. Agora acusam os sócios de efectuarem perguntas em tempo inoportuno? Então quando é que querem que façam as perguntas? Quando Forem embora? "José Reina tentou justificar-se pela não convovatoria dizendo que "entende que as deliberações da assembeia estão a ser cumpridas e não vê motivos para convocar a referida reunião…" José Reina mostrou não estar á altura dos acontecimentos já que foi varias vezes interrompido por João Viana para justificar o injustificável.
É importante que os associados do Varzim, estejam atentos pois como foi dito neste debate O VARZIM JÁ NÃO EXISTE…ESTÁ MORTO E ENTERRADO POR LOPES DE CASTRO….HÁ QUE APARECER ALTERNATIVAS CREDIVEIS PARA COLOCAR DE NOVO A VARZIM A RESPIRAR…ALA RIBA VARZIM

Sem comentários: