15/01/2007

Faça-se Justiça

O Gil Vicente vai ser integrado na Liga de Honra, decidiu hoje o Tribunal Central Administrativo Sul (TCAS). Os minhotos tinham pedido uma providência cautelar visando "o direito do clube a ser reintegrado na Primeira Liga, e a pedir uma indemnização pelos danos sofridos", que foi hoje indeferida pelo TCAS, segundo o site da Federação Portuguesa de Futebol (FPF)."A decisão é final", sem recurso, e o Gil Vicente "mantém-se, assim, na Liga de Honra, não havendo qualquer perturbação da regularidade das competições desportivas do futebol profissional", afirma a FPF.Este processo - referente ao caso Mateus - explica-se por o Gil Vicente ter recorrido aos tribunais comuns para resolver o problema com a inscrição do internacional angolano, violando as regras da FPF, UEFA e FIFA. Os minhotos foram então relegados para a Liga de Honra, trocando com o Belenenses.

Contas feitas agora , deveria o clube de Barcelos perder os jogos que não realizou e voltar a descer de divisão, uma vez que efectuou quatro faltas de comparência, apesar do beneplácito da Direcção da Federação e Liga de Futebol que permitiram que realizasse já um jogo, com o Leixões, faltando ainda as partidas da 2ª jornada contra o Feirense em Casa, da terceira jornada, com o Estoril fora e da quarta jornada em casa com o Trofense.
E para além disso há ainda o recurso aos tribunais que no artigo 54 do Regulamento de Disciplina consta o seguinte:


Artigo 54º
(Do recurso aos Tribunais comuns)
O clube que, em violação de jurisdição prevista nos Estatutos da FPF, submeta aos tribunais, directamente ou por interposta pessoa, o julgamento de questões estritamente desportivas é punido com suspensão por 1 a 4 épocas desportivas e indemnização pelos danos a que der causa, incluindo as despesas judiciais e extrajudiciais.

Por isso cumpra-se o Regulamentado

Sem comentários: