26/02/2007

MACEDO VIEIRA - DEIXE-SE DE ESCONDER E ASSUMA OS ERROS


Os comerciantes e moradores da Avenida Mousinho de Albuquerque andam deveras preocupados e com razão; já não bastava ter de suportar as obras do Parque de estacionamento, e de requalificação quando agora e sem contar são surpreendidos pelos amigos do alheio.
De facto o policiamento por parte da PSP, torna-se um pouco mais difícil, uma vez que só a pé é que é possível efectuar o patrulhamento, mas mesmo assim com algumas dificuldades, devido ao número de agentes que uma operação deste género acarreta. Agora deixo aqui uma pergunta: Onde está a policia Municipal? Para que foi criada? Apenas para multar quem não põe a moedinha?

Para rebocar carros? O que faz o presidente da Câmara? Nada! Enfia a cabeça na areia, e não responde aos comerciantes e moradores. Então para que nos serve a nós poveiros termos um presidente que só aparece para a fotografia e nos momentos de crise, calça as pantufas e não aparece? Mais grave, é necessário fazer um requerimento para que sua Exª possa receber os munícipes? É a ditadura autista de Macedo e seus pares no seu melhor. Chega de rodeios senhor presidente ou andou a enganar-nos a todos durante todo este tempo?
Já agora a talhe de foice: As declarações de Alberto Aguiar Comandante dos Bombeiros da Póvoa, só se aceita se interpretadas na lógica de não alarmar os moradores:
Agora gostaria de perguntar ao senhor comandante se em condições normais já os Bombeiros da Povoa têm dificuldades em atacar incêndios, por exemplo em altura, e que me diz a um desnível de mais de 6 metros? Mais, apesar do desnível só podem passar nos passadiços praticamente uma pessoa de cada vez? Também quer tapar o sol com a peneira? Qual plano de Urgência?
Quem assumirá a responsabilidade no caso de ocorrer um sinistro e as coisas correrem mal? O senhor Comandante Alberto Aguiar?
Sejamos sérios e o que se diz presidente da Câmara e que teve, como ele faz questão de dizer , a confiança de todas as secções de voto da Póvoa, sede e concelho, deve honrar e assumir as responsabilidades desta bagunça em que se vêem envolvidos comerciantes e moradores da Avenida Mousinho de Albuquerque.

Não chega atacar sem fundamentos os Vereadores da Oposição e quando lhe toca a ele esconde-se que nem um rato.

1 comentário:

rouxinol de Bernardim disse...

A Póvoa precisa, mais do que um novo presidente, um PRESIDENTE NOVO, com uma VISÃO NOVA sobre os problemas, com um olhar virado para o futuro...

Quando percorro certas ruas da cidade e falo com algumas pessoas que sentem a Póvoa, há nelas um certo ar de desejo de MUDANÇA, de lufada de ar puro, de pureza de intenções. É triste sentir isto...

"Isto", sinceramente, pelo que se vê, e pelo que se ouve nos mentideros (às vezes esta expressão espanhola é tão genuinamente portuguesa!) dá vontade de mandar aqui uma "Operação Mãos Limpas" pois a "lama" que se vislumbra é tanta... que nem com mil "banhos de multidão" conseguem lavar-se e limpar-se! Mas o mal não é só aqui!