06/02/2007

RÁDIO MAR - UM MAU SERVIÇO Á DEMOCRACIA E AOS POVEIROS




A recente campanha para o referendo sobre a despenalização da Interrupção Voluntária da Gravidez, e os seus reflexos na Póvoa de Varzim levam a tirar algumas ilações, que poderão ser extemporâneas, em virtude de haver até agora pouca informação sobre a questão. No entanto não posso deixar de falar nela uma vez que considero altamente reprovável, partindo o acto desde logo de um Director,de um (no caso dois) Órgãos de Comunicação Social.

As perguntas naturalmente poderão ser mais que muitas


1- Porque se candidatou a Rádio Mar a passar os tempos de Antena?

2 – Porque não os emitiu?

3 – Então o que faz um Director de um Jornal ou Rádo?

Argumentar que desconhecia a situação é uma fuga para a frente. Esperemos que as justificações sejam de facto credíveis uma vez que os Poveiros, ouvintes da Rádio Mar, aqueles que lhes conferem as razões da sua existência, foram esquecidos, não sei se de propósito ou apenas com intuitos de lucro fácil sem grandes preocupações.
Já agora “O Estado compensa as estações de rádio e de televisão pela utilização do tempo de antena correspondente às emissões, mediante o pagamento de quantias constantes de tabelas fixadas por comissões arbitrais e homologadas até ao 6º dia anterior à abertura da campanha eleitoral ou para o referendo.”
Uma vez que não cumpriu, a Rádio Mar sujeita-se a “O não cumprimento dos deveres relacionados com a emissão de tempos de antena constitui contra-ordenação punível com coima, cuja aplicação cabe à Comissão Nacional de Eleições.”
“As estações de televisão e de rádio estão obrigadas a registar e arquivar, pelo prazo de um ano, o registo das emissões correspondentes ao exercício do direito de antena.”
Onde estão? Mas o facto dos partidos políticos da Póvoa não terem feito nada até ao momento parece-me ser de uma cumplicidade, que deve deixar alerta os eleitores.
Já agora, como vai a Comissão Nacional de Eleições justificar pagamentos á Rádio Mar em nitido prejuíso da Radio Onda Viva que cumpriu com os tempos de Antena; Como se justifica que uma cumpra e outra não?

Sem comentários: