15/03/2007

Escravatura - O que faz o Governo?


A Guardia Civil espanhola libertou, em várias localidades de Navarra, 91 trabalhadores, a maioria portugueses, que viviam num "regime de escravatura encoberta". Na operação foram detidos 17 exploradores dos operários, 13 dos quais também portugueses. Foram ainda imputados sete empresários alegadamente envolvidos na exploração do trabalho escravo. Segundo a agência Lusa, a operação decorreu ao longo dos últimos meses, teve o nome de código "Lusa" e foi descrita como "a maior acção policial de sempre em Navarra contra a exploração laboral".
Os 91 trabalhadores escravizados são "pessoas com profunda marginalização social e uma cultura reduzida". Além dos portugueses, incluem-se ainda oito espanhóis, dois angolanos, um moçambicano e um polaco.
Os 17 detidos recrutavam os trabalhadores nas estações de transportes públicos e albergues de Lisboa e do Porto e confiscavam-lhes os salários. As empresas pagavam um salário de seis euros por hora (nove horas diárias, com uma hora para almoço de segunda a sábado). Os intermediários só deixavam que os trabalhadores recebessem entre 10 e 15 euros por semana, além da dormida, alguma comida e tabaco.
Os intermediários extorquiam mais de 300 euros por trabalhador e por semana.
Além de não receberem os salários, os trabalhadores viviam em condições dramaticamente penosas, tendo que fazer as necessidades fisiológicas na rua.

Depois de mais este caso, e depois da variadas denuncias que vão desde a Holanda, passando por Inglaterra e agora Espanha o que faz o Governo de Socrates?

Sem comentários: