30/01/2008

FEITA JUSTIÇA - Silva Garcia absolvido das acusações de difamação


O arquitecto Silva Garcia foi absolvido dos crimes de difamação agravada. O tribunal da Póvoa absolveu Silva Garcia no processo movido por Macedo Vieira e Aires Pereira em que o vereador do PS, com mandato suspenso, era acusado pelo Ministério Público de ter praticado dois crimes de difamação agravada. Em causa estava um artigo de opinião sobre a intenção do Governo de colocar portagens na A 28, publicado num jornal local em 2004. Nesse escrito Silva Garcia acusava Macedo Vieira e de Aires Pereira de colocaren “o interesse dos poveiros em segundo plano” e de “manejarem de forma idiota o princípio do utilizador-pagador”. Na leitura da sentença, a juíza do Tribunal da Póvoa frisou que ficou provado que desde 1998 existe um elevado grau de conflitualidade entre as duas partes, que utilizam desde então, em diversos meios, linguagem onde reina a indelicadeza. Assim, a palavra “idiota”, frisou, apenas pretendia criticar a opção política e não os autarcas. Paulo Pino, advogado de Silva Garcia, afirma que foi feita justiça. E Jorge Leite da Cunha, advogado dos autarcas, admitiu que poderá interpor recurso da sentença.
Resta agora saber que mais irá descobrir Artur Queirós para continuar a descarregar o seu " fel " sobre Silva Garcia

1 comentário:

rouxinol de Bernardim disse...

«Idiota», provou-se em tribunal, não é acintoso a ponto de merecer sanção.

E o processo contra Ilídio Pereira?

Na sua quixotesta PERSEGUIÇÃO, usando o tribunal como se fora um bastão, o líder poveiro perdeu o norte, destrambelhou, caminha rumo ao descrédito total.

Quem lhe dá a mão? O impagavel cónego Melo!!! o tal que (dizem, eu não vi, mas há quem o afirme) andava no carro do Ramiro Moreira quando este «distribuía» bombas como um carteiro distribui cartas...

Que baixeza! que de ignomínia!

Quando vier a lume toda a «borrasca» do encapelado «mar de Beiriz», então é que vai caír o Carmo e a Trindade!

Adquiram já os vossos bilhetes e ... assistam, de camarote!!!