14/05/2008

ROTA DOS MÓVEIS HOMENAGEIA BRUNO NEVES




Começa esta quinta-feira, em Santiago de Compostela, a terceira edição do Grande Prémio Internacional Paredes Rota dos Móveis em ciclismo que, pelo terceiro ano consecutivo, liga Espanha a Portugal.
Amanhã na Plaza Obradoiro, centro histórico de Santiago de Compostela, será prestada homenagem a Bruno Neves, corredor falecido em competição no último domingo. Antes do pelotão se fazer à estrada será respeitado um minuto de silêncio para evocar a memória do jovem da LA/MSS.
Além do acto simbólico, a PAD/Lagos Sports, entidade organizadora da prova, em parceria com o principal patrocinador, a Câmara Municipal de Paredes, decidiram instituir, no último dia de corrida, um “Memorial Bruno Neves”. O troféu será atribuído ao ciclista que contabilize, na 4ª etapa entre Gandra e Rebordosa, o maior número de pontos no total das contagens do “Prémio de Montanha”.
Vão alinhar no 3º Grande Prémio Internacional Paredes Rota dos Móveis 15 equipas totalizando 120 corredores que terão pela frente, até domingo, 614 Km divididos por quatro etapas. David Blanco venceu a edição 2007 ao serviço da equipa Duja/Tavira, mas não poderá defender o título este ano devido a uma lesão no joelho.
A primeira etapa, esta quinta-feira, será totalmente percorrida em território galego. O pelotão vai enfrentar 156,9 Km ligando Santiago de Compostela à vila de Padrón. Ao segundo dia de prova a caravana cumpre a etapa mais longa com 182 Km. Partindo de Pontevedra, os corredores vão atravessar a fronteira e entrar no norte de Portugal para chegar a Paredes, centro nevrálgico da Rota dos Móveis.
Após duas etapas de dificuldade média, a montanha irá surgir no caminho do pelotão no sábado, 17 Maio, quando se cumprir o percurso entre Vila Nova de Gaia e Lordelo. O relevo da terceira tirada irá exigir por parte dos corredores mais algum esforço devido às três contagens para o prémio de montanha. A etapa terminará no Alto do Cruzeiro, em Lordelo, após dois mil metros bastante acentuados que, junto à linha de meta, são considerados prémio de montanha de 2ª categoria.


Final dificílimo a fechar o Grande Prémio na Rebordosa



Para o quarto e último dia de prova, domingo 18 de Maio, está reservada a etapa mais pequena com quase 137 Km, mas também a mais exigente. A começar na Gandra, freguesia de Paredes, o traçado prevê muitas dificuldades percorrendo seis vezes um circuito de cerca de 20 Km que terá como epicentro a passagem por Vandoma, uma montanha de 2ª categoria. No fim, o pelotão, provavelmente fraccionado pela dificuldade do terreno, fará a subida para o Campo de Futebol da Rebordosa onde estará a meta final e o cenário que vai coroar o vencedor da prova.


Equipas Participantes: Credit Agricole, Creamica Flaminia, Barbot Siper, Palmeiras Resort Tavira, Bouygues, Extremadura, LA MSS, Fercase Rota Móveis, Acqua e Sapone, Contentpolis Murcia, Madeinox/Boavista, Liberty Seguros, Karpin-Galicia, Benfica e C.C. Loulé.


O 3º Prémio Internacional Paredes Rota dos Móveis é patrocinado pelo Município de Paredes e tem apoio da EDP, JOGOS SANTA CASA, SUPER BOCK MINI, VITALIS, PEDRAS SALGADA, BOGANI, LIBERTY SEGUROS, ALTOVISO, RÁDIO RENASCENÇA, RTP, JORNAL DE NOTÍCIAS, O JOGO e JC DECAUX.

Sem comentários: