06/07/2008

OUTRA "GAFFE" DO CNAD (ou... como a FPC pode ser amiga)


Ainda se lembram – com certeza que se lembram – da anedota que foi uma equipa composta por um médico e um inspector anti-doping se terem apresentado para controlar… um Corredor que já não está no activo. Mas soube de uma outra estória que é, pelo menos… interessante. Se a FPC está a esforçar-se para acabar de vez com o Cycling Clube da Póvoa porque, alegadamente, esta equipa infringiu a Lei anti-doping apesar de isto carecer de uma decisão judicial (e, insisto, as provas recolhidas pela PJ não poderem ser legalmente usadas pelo CD da federação), digam-me os que estiveram, de verdade, preocupados com os Regulamentos, o que fazer com uma equipa de topo que os não está a cumprir? Quero ver quantas vozes se vão levantar a propósito deste caso, limpidamente ilegal e que só passou devido à… benevolência da FPC. E não procurem desculpas porque iria ser extremamente difícil compreendê-las. Mas deixem-me contar a história de outra maneira…Nesta semana que acabou foi notícia a tremenda gaffe do CNAD ao apresentar-se em casa de um Corredor, que já tinha abandonado a competição, para lhe fazerem testes fora de competição. O que eu vim a saber é que tal gaffe não é original. Já aconteceu, também, tendo como vítima… um jovem que nada tem a ver com estas guerras. Um jovem que, curiosamente, foi aceite pela FPC como elemento efectivo de uma determinada equipa mas que não correu prova alguma. Será que tem mesmo contrato com essa equipa? Será que recebe o ordenado que lhe seria devido enquanto trabalhador por conta de outrem? O curioso é que basta ver o registo das equipas, no site da FPC, onde nesta, aqui em causa, estão inscritos 16 corredores; e o sítio oficial da própria equipa no qual o plantel aparece com… 14 corredores. Como o documento junto esclarece, nenhuma equipa Continental pode ter um número de corredores com idade superior aos 26 anos, igual ou maior do que aqueles que são mais novos.
Está nos Regulamentos da FPC. E estes são Lei, em termos desportivos.


Pois é!... Não basta ser sério, também é preciso parecê-lo!...

(ou... como a FPC pode ser amiga)


Veloluso

Sem comentários: