02/02/2009

O Tribunal confirmou as coisas no seu lugar!


Extrato do Cá70

Em Janeiro de 2008, a sentença proferida pela Juíza Elvira Vieira absolveu Silva Garcia do alegado crime de difamação de que foi acusado pela dupla que dirige a Câmara Municipal da Póvoa de Varzim. A terminar Janeiro de 2009, o Tribunal da Relação do Porto confirmou a sentença de absolvição, derrotando em toda a linha a intolerância retrógrada, o abuso de poder, a tirania e os tiques antidemocráticos que caracterizam a mentalidade e a praxis de Macedo Vieira e de Aires Pereira, "senhores" da Casa Grande, até ver! Com a absolvição ganhou a Liberdade de Expressão contra a intolerância e a falta de sentido democrático de uma mentalidade caduca e arrogante. Macedo Vieira e Aires Pereira foram politicamente derrotados pelo próprio feitiço.
Não têm a grandeza de alma para pedirem desculpa publicamente por todo o mal que fizeram e que permitiram a outros que fizessem a Silva Garcia!
Resta-lhes, então, perante todos os poveiros, mostrar o mínimo de dignidade, assumindo com os próprios bens os custos do apoio jurídico que contrataram e livrando o erário público das consequências das suas aventuras insensatas. É indispensável que o demonstrem com documentos e não apenas com as habituais e gastas palavras de circunstância. Que o fizeram com o dinheiro de cada um e não com o dinheiro da Câmara, que é de todos nós.
O Tribunal repôs as coisas no seu lugar! Feita justiça, nada obrigava a ter que continuar o convívio com a ignomínia e a falta de escrúpulos. Silva Garcia voltou para o seu círculo pessoal de vida, a cuidar da sua família e da sua profissão.


A JUSTIÇA PODE TARDAR MAS NÃO ESQUECE...ESPERO QUE OS POVEIROS INTERPRETEM A DECISÃO, DO TRIBUNAL POR FORMA A ANALIZAREM OS DESMANDOS DE QUEM DIRIGE O NOSSO MUNICIPIO.

Sem comentários: