05/05/2012

Presidente do ACP processa governantes de Sócrates por gestão danosa 




O presidente do Automóvel Clube de Portugal (ACP), Carlos Barbosa, disse hoje à Lusa que o objetivo do processo contra três antigos governantes por alegada má gestão nas SCUT é "chegar à verdade". De acordo com a notícia avançada hoje pelo jornal 'i' e pelo Expresso, o ACP entregou uma participação criminal no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) contra Mário Lino, Paulo Campos e António Mendonça por alegada gestão danosa nas negociações dos contratos das SCUT. "Eu quero que se chegue à verdade e que as pessoas que fizeram uma gestão danosa para os portugueses sejam castigados por isso. Se efetivamente as coisas correram mal os portugueses têm obrigação de saber", disse Carlos Barbosa, contactado hoje pela agência Lusa.